2007/01/29

O Aborto

Ainda me recordo do dia em que nasci. Era um sábado solarengo em plena Primavera, o que, mal abri os olhos, me sossegou perante aquele esplendor de luz, cheiro a flores e um ar morno.
Lá me entretive a apreciar a natureza até que o meu pai, olhando para mim, exclamou: "Que horror!". No meu íntimo pensei: "Devo ser um aborto". De facto, não era, mas ainda hoje sou parecido com o equivalente.
Ao longo dos anos, fui reparando que as miudas olhavam para mim de forma estranha, umas com desdém, outras, mais emotivas, com desmaios sonoros e quedas aparatosas. O meu pai decidiu fazer um seguro contra todos os riscos, porque as contas do Hospital começavam a amedrontar.
Mais tarde, houve uma que teve pena de mim, e lá me casei com ela. Coitada, era das que desmaiavam, e acabou por fugir a sete pés, antes que lhe desse uma coisinha má.
A partir daí, tudo voltou ao normal ... a Primavera continua, o cheiro a flores também, e o aborto em vias de ser legalizado.
Por isso, sou a favor do aborto. Ou seja, sou a favor de mim mesmo. Vou votar sim, porque devem existir abortos com qualidade, tal e qual como eu.
Sejam felizes.

3 comentários:

Entre linhas.... disse...

Ò "rebussado" tal é o aborto hiihihih,ate a dita cuja fugiu a sete pés de ti:)))

Realmente em vez de teres nascido na Figueira deverias ter nascido no Entroncamento:))

Jinhus da Zulu

ana maria forte disse...

um "aborto" assim só pode ser um homem feliz............se ela fugiu bem feita para ela ...se calhar ja se arrependeu mil vezes...quanto a mim vou continuar a ler-te....já agora tb sou a favor do aborto não só por ser mulher mas porque estou farta de ver pessoas a "enrricar" à custa da ignorancia dos outros..............................desejo-te boas ideias e continua a teclar....beijocas ca da ana forte (anaf)

maria disse...

Este post do "aborto" não o entendo! Suponho que só pode ser uma suprema ironia sobre a necessidade de se colocar a referendo uma questão que já devia estar resolvida. O problema é que seja preciso referendar algo que é da consciência de cada um(a)e que, consequentemente, se transforme (de um modo oportunista??)numa questão política!
Continue! gosto de o ler.
Sejamos felizes.